Crônicas

Você sabia?

16/08/2017
Vik Nanda

https://steemit.com/portuguese/@marcelli/presta-atencao-eu-sei-tudo

 

Às vezes, eu quero que a vida acelere. É aquela ansiedade de antecipar o futuro.

Ontem, por exemplo, eu não conseguia relaxar e assistir a um filme por achar que eu estava perdendo tempo.

Como pode isso?

smilie-2504417_1280.jpg

O motivo é que eu me cobro demais. A sociedade nos cobra demais.

Nós temos que ter opinião sobre tudo: política, economia, aborto, racismo, feminismo, guerra, terrorismo, Brexit, celebridades, armas nucleares, aquecimento global, homofobia…

Temos que opinar e agradar: No Brasil, se seus amigos são de esquerda, fale bem da Dilma, se são de direita, fale sobre o novo Governo (não exatamente sobre o Michel Temer).

Você tem que saber sobre tudo e não pode ficar desatualizado nenhum minuto. Se até hoje você não sabe o que é uma hashtag, nunca mais vai encontrar um emprego na V-I-D-A.

Você tem que saber tudo em siglas também. DNA e BMW são coisas do passado. Agora é preciso entender o que significa: SEO, DOP, VP, CEO, PPC, PPV, MD, MBA, HBO, BFI, G-8, RSL, VR, T2…

Você tem que seguir padrões e tendências: tem que ser magra, pró-ativa, engraçada, bem-vestida, tem que ter o último modelo do iPhone. Ahh! Tem que cortar a lactose, tem que ser vegan, tem que usar produtos biodegradáveis. Tem que explorar o mundo, ser bem-sucedida. Tem que ir ao restaurante japonês mais badalado de Nova York, senão, você não foi para Nova York, “querida”.

Será que com esse turbilhão de ‘tem que’ você sabe responder à uma pergunta simples:

Quem é você?

Eu me questionei ontem à noite e percebi que estava ficando louca por não saber sobre T-U-D-O.

Quer saber? Eu desisti e relaxei. Eu vivo no Carpe Diem. 🙂

quotes-729173_1920.jpg

Para deixar claro:
Eu não tenho opinião formada sobre Zika virus.
Eu não sei onde fica o Uzerbaijão no mapa do mundo.
Eu não vou parar de comer carne.
Eu não gosto de música eletrônica.
Eu não votei para o Brexit.
Eu tenho um celular velho da Samsung.

“Só sei que nada sei” – Sócrates

103 total views, no views today

Crônicas

O Seu Eu Verdadeiro – com um vídeo curto bem inspirador

14/08/2017

https://steemit.com/portuguese/@marcelli/o-seu-eu-verdadeiro-com-um-video-curto-bem-inspirador

Muitas vezes eu tenho dúvidas sobre o que estou fazendo e a qual direção a vida me levará.

Eu me questiono e eu tento achar dentro de mim o que realmente significa ser quem eu sou. De vez em quando eu me confundo, mas muitas vezes eu sei quem eu sou e sinto orgulho de ser quem eu sou.

universe-1044107_1920.jpg
Você tem o poder de conquistar o que quiser

Hoje eu quero compartilhar com vocês um video de 3m58s de Alan Watts, escritor, filósofo e palestrante inglês.

O vídeo me fez pensar sobre tantas coisas importantes como a vida, a interação entre as pessoas e sobre quem nós somos.

Se você está ocupado, sem vontade ou sem tempo para assistir a 3m58s, eu selecionei minhas três citações favoritas. (Mas sinceramente, assiste ao vídeo – tem legenda – você vai me entender.)

“O que você faz é o que o Universo inteiro está fazendo em um lugar que você chama de aqui e agora.”

“O seu eu verdadeiro não é um fantoche que é puxado de um lado para o outro pela vida. O verdadeiro e profundo ‘você’ é todo o Universo.”

“Não te surpreende que você seja algo tão fantástico e complexo?”

Eu espero que este video lhe inspire.

Feliz Segunda-feira!

91 total views, no views today

Brasil

A melhor viagem no mundo…

11/08/2017

https://steemit.com/portuguese/@marcelli/a-melhor-viagem-no-mundo

…acontece na nossa mente.

20130407_155533_1.jpg
Verão no Leblon

O pensamento nos leva a qualquer lugar. Nada é tão poderoso como a nossa mente. Nesses últimos dias, eu tenho pensado bastante na praia do Leblon, no Rio de Janeiro.

IMG_8004ok.jpg
Leblon à noite

Enquanto na vida real a maioria dos europeus viajam durante as férias do verão, eu penso nas ondas do mar do meu Brasil e espero o fim do ano chegar para eu transformar esta viagem em realidade.

IMG_8892ok.jpg
As ondas

IMG_1963.JPG
Olha o Abacaxiiiiii

O mar tem um poder incrível sobre mim. Renova a minha alma, me ensina a ter limites e me traz paz. Com o sol batendo no meu rosto, eu me vejo boiando sem pressa de sair da água.

Quando eu volto para a realidade, eu percebo que a felicidade é simples assim.

IMG_1266.JPG
Trabalhador coletando cocos

IMG_9056.JPG
Mãe e filho escolhem um balão

IMG_9684.JPG
Até os cachorros se divertem e caminham em paz

“Em algum lugar, há alguém feliz com menos do que você tem” – Desconhecido

Onde os seus pensamentos te levam?

Tenha um bom domingo,

121 total views, no views today

Crônicas

Você é inteligente ou esforçado?

10/08/2017
Garota inteligente - foto: Steven Depolo

https://steemit.com/portuguese/@marcelli/voce-e-inteligente-ou-esforcado

Esses dias eu parei para pensar sobre a minha inteligência, na verdade, na falta dela.

Infelizmente, eu não sou aquela pessoa que sabe explicar a história do Brasil e do mundo como se estivesse contando uma fofoca para as amigas. Também não sei fazer uma análise profunda sobre a economia mundial, muito menos sobre política.

artificial-intelligence-2167835_1920.jpg
Oi, eu sou tão inteligente, deixa eu dar um Google

Eu não guardo o nome dos filmes que assisti, nem dos livros que li. Eu esqueço as histórias, não lembro o nome dos autores e dos personagens. Para fazer contas complexas de matemática eu ligo para o meu pai.

homework-2521144_1920.jpg
1 + 1 = PAI

Eu confesso, na minha auto-avaliação, parece que eu vivo num plano intermediário entre o conhecimento e o esquecimento. Eu li sobre o meu ‘problema’ em matérias da Superinteressante e desvendei alguns mistérios sobre a diferença entre ser inteligente e esforçado.

A pessoa inteligente acha que precisa provar ao mundo que sabe tudo. O problema é que quanto mais ela se cobra, mais se frustra quando não atinge o resultado esperado.

Já a pessoa esforçada – no qual eu acredito me encaixar – cumpre tarefas, aceita os erros, a imperfeição e se sente satisfeito ao entregar um bom trabalho. Ela vê cada tarefa como um desafio e pensa na melhor maneira de resolver um problema. Ou seja, é uma pessoa prática.

boat-606187_1920.jpg
Eu posso demorar mais que os outros para alcançar meus objetivos, mas eu luto por isso

Eu não sei fazer contas? Ligo para meu pai que é matemático.

Eu não sei o nome de um filme? Ligo para uma amiga que parece ter um HD dentro da cabeça.

O importante meu queridos Steemians é ser humilde.

Eu não me importo em dizer: “Eu não sei”, porque eu finalizo a frase com “mas posso aprender.”

Sinceridade e dedicação abrem portas.

live-2418344_1920.jpg
É por isso que estamos aqui

15 total views, no views today

Brasil, Crônicas

Uma vez rebelde na escola, sempre rebelde na vida

09/08/2017
rebelde - foto Ian Sane

https://steemit.com/portuguese/@marcelli/uma-vez-rebelde-na-escola-sempre-rebelde-na-vida

Senhores Pais,

Comunico que sua filha Marcelli D’Andrea insiste em não cumprir as normas e requerimento escolar. Inclusive a própria classe não concorda com suas atitudes de rebeldia, indisciplina, conversa, falta de respeito aos professores e impede o professor de dar uma boa aula.
Hoje, com mais 2 colegas não assistiu aula, fugiu para o pátio. Já tentei conversar e aconselhei muitas vezes, mas estou caindo no ridículo. Lembro que esta agenda tinha folhas de comunicação escolar/família, mas foram retiradas por ela.
Pelo disposto, ela deve ficar em casa amanhã, 23/04/99 para refletir sobre seu projeto de vida.

Peço providências,
Militino Roza
Coordenador Pedagógico

Novo Documento.jpg
O bilhete original na agenda

Vamos lá! Como eu vou me explicar?

Eu encontrei a resposta lá na parte de cima da folha. Naquele dia eu tive prova de História com a ‘folhinha das Rebeliões’.

Relendo o bilhete eu percebi como a personalidade define nossas atitudes. Quando eu estava na escola, eu não tinha paciência para ficar sentada horas e horas ouvindo alguém falar. Eu preciso de ação e interação. Eu preciso de intervalos e de me mover. Eu não desrespeitava os professores, eu só perdia o interesse depois de tantas horas.

Dizer que ‘a própria classe não concorda com minhas atitudes de rebeldia’é de me fazer chorar de rir, porque até hoje isso acontece comigo. Aqui em Londres, quando eu digo o que penso as pessoas permanecem mudas, olhando o computador fingindo que nada está acontecendo.

O que eu posso fazer? Eu não tenho medo de falar quando eu estou certa.

Eu nunca gostei de agenda, sem contar que na escola você tem que carregar livros e cadernos. Quando eu estudava em escola de freira, eu tinha que levar a bíblia duas vezes por semana. Carregar peso não é para mim então eu achava que as folhas antigas da agenda poderiam ser recicladas.

O que eu posso fazer? Eu sou assim, eu não acumulo.

Agora que eu sou adulta, eu percebo que as pessoas que não estudaram a ‘folhinha das Rebeliões’ são passivas em relação rumo que a vida toma. De nada adianta reclamar e não fazer nada para mudar. Atitude está lá no começo do dicionário. Vitória, quase no fim.

O caminho é longo, mas alcançar os objetivos vale cada momento de indisciplina e de não cumprimento de regras.

E você, tem sido um rebelde? Quer fugir para o pátio comigo? 🙂

14 total views, no views today